Regimento

TÍTULO I
Da Constituição e dos Fins

Art 1º. A Biblioteca DAISAKU IKEDA, – DSI, das Faculdades Integradas de Jacarepaguá – FIJ, órgão suplementar subordinado à Direção Geral das FIJ, funciona, em consonância com a Coordenação Geral de Ensino, de Pesquisa e Extensão dos cursos, na definição de técnicas, metodologias, padrões e normas para o processamento, disseminação e recuperação da informação.

Art 2º. A DSI tem por finalidade subsidiar os serviços informacionais de apoio ao ensino, pesquisa e extensão, tendo, para tanto, as seguintes funções básicas:

I. Selecionar, adquirir, receber, conferir, classificar, catalogar, organizar, manter atualizado e disseminar o material bibliográfico e audiovisual dos assuntos referentes aos programas de ensino, pesquisa e extensão de interesse da comunidade técnico-científica das FIJ;
II. Prover serviços e produtos de informações ao corpo docente, discente e técnico-administrativo das FIJ;
III. Manter intercâmbio com pessoas e instituições de interesse das FIJ, com o objetivo de estimular a colaboração científica, técnica, cultural, literária e artística das FIJ;

TÍTULO II
Do Regime e da Organização

CAPÍTULO I

Do Regime Administrativo

Art 3º. A Biblioteca Daisaku Ikeda das Faculdades Integradas de Jacarepaguá rege-se por Regimento próprio, aprovado em instância superior e pelos órgãos superiores competentes.

CAPÍTULO II

Dos Órgãos Componentes

Art 4º. A Biblioteca Central funciona de forma monolítica, quanto à infra-estrutura física à coleção do acervo, no que tange aos materiais bibliográficos e audiovisuais, bem como, quanto aos recursos humanos, materiais e financeiros.

1° Cabe à Biblioteca a gestão centralizada da prestação de serviços e produtos de informação das FIJ.

2° São órgãos da DSI:

a) A Comissão de Biblioteca;
b) Conselho Editorial;
c) A Chefia;
d) Setor de Atendimento ao Usuário;
e) Setor de Processos Técnicos.

CAPÍTULO III

Da Comissão da Biblioteca

Art 5º. A Comissão de Biblioteca das Faculdades Integradas de Jacarepaguá é constituída pela Diretora, pela Coordenação Geral de Ensino, e pela Chefia da Biblioteca.

Art 6º. São atribuições da Comissão de Biblioteca:

  • Participar do planejamento das atividades da DSI;
  • Estabelecer prioridades na implantação de serviços e produtos disponíveis, considerando as necessidades prioritárias;
  • Emitir pareceres sobre propostas específicas da DSI;
  • Participar da política de seleção e aquisição do acervo;
  • Participar da avaliação e do planejamento das atividades da DSI.

CAPÍTULO IV

Do Conselho Editorial

Art 7º. O Conselho Editorial das Faculdades Integradas de Jacarepaguá é constituído por pares acadêmicos / especialistas nos assuntos de interesse dos cursos de graduação, pós-graduação, de pesquisa e de extensão, e pela Chefia da Biblioteca.

Art 8º. São atribuições do Conselho Editorial:

  • Definir produtos bibliográficos e audiovisuais a serem editados;
  • Estabelecer prioridades quanto aos produtos a serem editados;
  • Normalizar os documentos gerados no meio acadêmico e as publicações oficiais das Faculdades Integradas de Jacarepaguá.

CAPÍTULO V

Da Chefia

Art 9º. A Chefia da DSI é exercida por Bacharel em Biblioteconomia, registrado no Conselho Regional de Biblioteconomia, da 9ª Região.

Art 10º. O Bibliotecário Chefe é nomeado pela Direção Geral das FIJ.

Art 11º. São atribuições do Bibliotecário – Chefe:

  • Administrar todas as atividades da DSI;
  • Participar da Comissão de Biblioteca;
  • Participar de Conselho Editorial;
  • Submeter a(o) Diretor(a) Administrativo(a) e ao Diretor(a) Acadêmico(a) os planos das atividades da DSI;
  •  Propor ao(a) Diretor(a) Administrativo(a) a definição das atribuições dos funcionários da Biblioteca Central;
  •  Selecionar funcionários administrativos para a Biblioteca;
  • Promover reuniões técnicas e administrativas com os funcionários da DSI;
  • Supervisionar as atividades técnicas específicas;
  • Encaminhar aos órgãos competentes as solicitações de materiais bibliográficos e audiovisuais, bem como equipamentos e outros materiais de uso da DSI;
  • Coordenar a elaboração de manuais de organização, atribuição e rotinas da DSI;
  • Coordenar a elaboração de relatórios mensais e anuais da DSI;
  • Elaborar e fazer cumprir o Regulamento e o Regimento da DSI;
  • Zelar para que seja mantida a disciplina nas dependências da DSI;
  • Realizar palestras sobre o uso da DSI, nos diversos cursos da Instituição;
  • Promover palestras, exposições e outras atividades técnico-culturais, no recinto da DSI.

CAPÍTULO VI

Do Setor de Atendimento ao Usuário

Art 12º. O Setor de Atendimento ao Usuário é órgão vinculado à Chefia da Biblioteca, sob a responsabilidade de um Bacharel em Biblioteconomia, que responde, pela circulação do acervo, seu controle, pelo intercâmbio técnico – cultural e pela disseminação da informação.

Art 13º. São atribuições do Setor de Atendimento ao Usuário:

  • Orientar e auxiliar o usuário na utilização dos catálogos;
  • Orientar os usuários, levando-os às fontes de referências de que necessitam;
  • Realizar empréstimos e consultas de documentos do acervo;
  • Realizar empréstimos entre Bibliotecas;
  • Promover busca de documentos em outras Bibliotecas universitárias e na rede co-irmãs;
  • Manter contato com a Secretaria Executiva do Programa – COMUT;
  • Redigir pesquisas bibliográficas;
  • Promover o treinamento do usuário;
  • Normalizar os documentos gerados no meio acadêmico, de acordo com normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT;
  • Elaborar serviços de alerta;
  • Fornecer cópias de documentos aos usuários;
  • Manter exposição de obras e outros materiais bibliográficos e audiovisuais mais recentes, adquiridos pela Biblioteca Central;
  • Apoiar a realização de estudos de usuários que visem à avaliação dos serviços para seu melhor atendimento;
  • Identificar as obras que necessitam de desinfecção, encadernação e restauração;
  • Providenciar encadernações quando necessárias;
  • Manter controles estatísticos de todas as atividades do setor.

CAPÍTULO VII

Do Setor de Processos Técnicos

Art 14º. O Setor de Processos Técnicos é órgão vinculado à Chefia da Biblioteca, que responde pelo processamento técnico de todo o material bibliográfico e audiovisual da Instituição.

Art 15º. São atribuições do Setor de Processos Técnicos:

  • Selecionar, adquirir, registrar, catalogar, classificar e indexar o material bibliográfico e audiovisual, de acordo com as políticas de gestão de acervo e normas internacionais para catalogação e de classificação, bem como vocabulários controlados e tesauros adotados na DSI;
  • Realizar o processo técnico automatizado, de acordo com o sistema estabelecido;
  • Alimentar vocabulários controlados e tesauros;
  • Alimentar e manter atualizado o catálogo dos usuários e os produtos e serviços de Biblioteca;
  • Indexar, quando relevante, os artigos de publicações periódicas, de acordo com os sistemas estabelecidos;
  • Manter controle estatístico das atividades técnicas realizadas.